A mágica que faltava no seu negócio

contato@paulejack.com

Menu Fechar

Como desenvolver sua Inteligência emocional em vendas? – Por Paul & Jack

Uma habilidade valiosa para se ter em qualquer carreira, contudo, ainda mais necessária quando se trata de negociações e business: a inteligência emocional em vendas pode ser o fator-chave para fazer conexões e construir relacionamentos sólidos na esfera corporativa e empresarial.

Sendo uma das maiores autoridades em vendas no Brasil, o palestrante mágico Paul & Jack nos mostra a seguir como desenvolver essa habilidade, quebrando barreiras com estranhos e superando objeções,com a capacidade de controlar emoções e responder adequadamente os clientes e parceiros de negócios.

Inteligência emocional em vendas: o que é? 

A inteligência emocional é a capacidade de expressar e controlar as emoções, ler as emoções dos outros e responder com empatia. A habilidade está se tornando cada vez mais valorizada no mundo dos negócios,na medida em que as pessoas se tornam mais instruídas sobre a importância de gerenciar melhor o estresse no ambiente de trabalho, criando inclusive uma atmosfera amigável à saúde mental no trabalho.

Entenda os motivos da inteligência emocional ser tão importante no setor de vendas

A inteligência emocional é uma habilidade valiosa para se ter em qualquer carreira, mas ainda mais no setor de vendas. Em um trabalho que exige a capacidade de quebrar barreiras com estranhos, superar objeções, construir relacionamentos e fazer conexões, é fácil ver por que a capacidade de controlar emoções e responder adequadamente é importante.

Inteligência emocional em vendas ajuda a superar objeções

A inteligência emocional em vendas pode ser um verdadeiro trunfo ao lidar com objeções. Cada cliente em potencial conta com suas próprias necessidades, bem como suas respectivas preocupações e dúvidas nos estágios iniciais do funil de vendas. 

Ao nutrir a empatia com os clientes sobre suas preocupações e compreender seu ponto de vista, o vendedor pode facilitar a abordagem e ser mais assertivo.

As objeções de vendas não são necessariamente, algo ruim, pois apresentam oportunidades. A objeção, na verdade, revela um ponto problemático que você pode resolver. Vendedores inteligentes e positivos podem transformar objeções em vendas, preparando um plano proativo para superá-las.

Construa relacionamento

Em vendas, não existe uma abordagem única para construir relacionamento com potenciais novos leads. É preciso uma pessoa emocionalmente inteligente para ler os sinais que o indivíduo está dando e adaptar o tom.

Desenvolva habilidades de inteligência emocional nas vendas com as dicas a seguir

A inteligência emocional é uma habilidade popular para se ter no mundo dos negócios. A razão para isso é porque ele fornece a capacidade de controlar e entender suas emoções. Para melhorar sua inteligência emocional , aqui estão algumas dicas fáceis e eficazes.

  • Responda de maneira assertiva, ao invés reagir

 É comum que sentimentos de raiva e explosões emocionais ocorram durante situações de conflito. Indivíduos que desenvolvem a inteligência emocional  podem permanecer calmos durante uma situação estressante; eles não tomam decisões impulsivas que podem levar a problemas ainda maiores. 

Em tempos de conflitos, desenvolver inteligência emocional significa ter boas decisões e garantir que as palavras e ações estejam alinhadas.

  • Trabalhe a escuta ativa 

Ouça com clareza e não simplesmente espere sua vez de falar. Em outras palavras, compreenda o que está sendo dito pelo cliente, antes de responder e perceba os sinais não verbais durante a conversa.

Isso ajuda a evitar algum mal-entendido, mostra respeito pela pessoa que fala e permite que o ouvinte responda adequadamente.

  • Invista na empatia 

Trabalhe a capacidade de determinar e responder adequadamente às emoções de outras pessoas. Quanto mais um vendedor entender as emoções investidas em uma interação de vendas, maiores serão suas chances de realizar a venda com sucesso. A empatia permite que os vendedores ouçam ativamente e se coloquem no lugar de seus clientes. Assim, eventualmente, descobrindo seus objetivos, prioridades e pontos problemáticos. Só então os profissionais de vendas podem desenvolver soluções personalizadas que atendam perfeitamente às necessidades dos clientes e atendam às suas expectativas. 

Que tal colocar essas dicas agora mesmo em prática? Depois deixe um comentário aqui pra mim, vou adorar saber como você se saiu.

Forte abraço, te vejo na minha próxima palestra. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Postagens Relacionadas

×