Por que é tão importante você terminar o que começou? | Palestras Paul&Jack
A mágica que faltava no seu negócio

(11) 3772-6645 / (11) 99157-4556 contato@paulejack.com

Por que é tão importante você terminar o que começou?

Por Paul Friedericks, 12/02/2016 em Sucesso Profissional

Por que é tão importante você terminar o que começou?

Uma coisa é totalmente verdade: mesmo se você passar horas intermináveis construindo uma ideia impactante e como defendê-la para outras pessoas, nada muda se você não expor essa ideia. Parece óbvio, não é mesmo? Mas é o que a maioria das pessoas faz todos os dias.

Independentemente de onde você trabalha, qual cargo ocupa ou em qual mercado atua, certamente você lida com outros profissionais, então, é para terminar o que começa. E compartilhar seu trabalho concluído pode ser assustador (sim), mas também pode ser um catalisador mais convincente para a mudança.

Quer saber quais são os principais obstáculos que podem ficar no seu caminho e impedir que você complete e entregue os projetos, planos e ideias incríveis que você tem? Por que é tão importante você terminar o que começou? Olha só:

Estar pronto não é a mesma coisa que estar preparado

Vamos supor que você tem uma ideia que acredita revolucionar o seu mercado. Mas o seu mercado está preparado para esse seu projeto? Você está preparado para lançar? O seu projeto é bom o suficiente? Esse é o momento certo? Estas são as perguntas necessárias. Mas, às vezes, a melhor maneira de colocar uma ideia no teste é não considerar o grande número de variáveis ou os resultados, mas colocá-la no mundo e adaptá-la de acordo com o necessário. É como ser uma criança: você vai tropeçar, aprender, crescer, falhar, e (espero) ter sucesso.

A necessidade de perfeição

Preparar a entrega de um projeto é um aprendizado, e quando a aprendizagem é um hábito diário, você está se definindo para o sucesso. Não é como remover o medo ou incerteza do processo. E muito menos se trata de reduzir todas as oportunidades para o fracasso ou desastre. Sim, faça algo excelente, mas espere problemas que possam surgir e esteja pronto para lidar com eles de forma empática. Fazer isso ajuda a aprender o que melhorar e dá ao seu projeto/ideia uma chance de fazer a diferença.

Pensar no que vão pensar de você

Revelar uma ideia pode vir com muitos riscos e críticas. Isso porque nós, seres humanos, somos “programados” para sermos sociais, e nos preocupamos com o que os outros pensam ou percebem de nós. Se a ideia falha, é difícil não levar para o lado pessoal. É ainda pior se muito dinheiro ou tempo foram gastos com nenhuma recompensa. Não é de admirar que seja mais fácil gerar ideias do que finalizá-las.

No entanto, apresentar uma ideia não deve ser um testemunho do seu personagem ou identidade, mas sim a mudança que você procurar fazer. Se a mudança não acontece, é a ideia que precisa se adaptar, não você.

Quanto mais tempo você demora, mais tempo vai passar para que você aprenda algo significativo que ajuda você e sua ideia avançarem. Isso nos traz de volta a uma lição fundamental de mudança: se você não apresentar, você nunca saberá o resultado.

 

 

Siga-me no Facebook     Pergunte-me algo via Twitter

Inscreva-se para mais vídeos     Conecte-se com Paul&Jack no Linkedin

Inscreva-se para mais dicas     Conecte-se com Paul&Jack no Google+

 



TODOS OS DIREITOS RESERVADOS – POLÍTICA DE PRIVACIDADE

× Nosso Whatsapp: 11 99157-4556