Para líderes: diferença entre vendas e marketing | Palestras Paul&Jack
A mágica que faltava no seu negócio

(11) 3772-6645 / (11) 99157-4556 contato@paulejack.com

Para líderes: diferença entre vendas e marketing

Por Paul Friedericks, 04/06/2016 em Liderança

Para líderes: diferença entre vendas e marketing

Como um líder de equipe, o tempo é um recurso. Você deve tentar passar cada minuto da sua vida de trabalho da maneira mais eficaz possível. Isto significa reduzir o tempo que passa nas vendas e aumentar o tempo que você gasta em marketing.

Mas você sabe a diferença?

A diferença entre vendas e marketing

Vejamos atividades típicas de vendas: você gasta uma boa quantidade de tempo com os clientes individuais, explicando a eles o que seus produtos ou serviços são capazes de proporcionar e quais os benefícios comparados com a concorrência. Você tenta influenciar as perspectivas de uma forma pessoal, na esperança de transformá-las em clientes.

Atividades de marketing

Com atividades de marketing, você gasta mais tempo em muitas abordagens – chegando a audiências com ideias valiosas, oferecendo produtos e serviços que entregam valor, e não funcionalidade, apresentando a si mesmo e seu negócio como autênticos e especialistas no que estão oferecendo, tanto que a concorrência raramente precisa ser colocada em jogo.

Usando esta distinção, é claro que as atividades de vendas podem não ser escaláveis, já as de marketing sim.

Quando você tem que explicar verbalmente a alguém as diferenças entre duas versões de seu produto, você pode desperdiçar o seu tempo em vão. É como se você estivesse simplesmente vendendo, e mais nada. Você deve usar esse tempo para torná-lo claro para potenciais clientes – usando recursos. Você oferece algo que vai agregar valor em sua vida. Isso é marketing.

Quando você está pessoalmente levando as pessoas para dentro da sua loja, e mostrando a elas o seu produto e as levando para testar alguns modelos, você está vendendo. Mas quando você permite que as pessoas experimentem as coisas por si mesmo e obtém as informações que desejam ter, você está fazendo marketing.

Alto valor

Quando você tem produtos e serviços que são de alto valor, por exemplo, as pessoas devem ficar satisfeitas e orgulhosas por serem seus clientes. Se isso não for o caso, você não está fazendo o marketing direito, e está simplesmente vendendo. Um exemplo é que você não pode apenas pedir a um vendedor para explicar a um potencial cliente como é dirigir um Mercedes-Benz. A experiência do potencial cliente é orientada pelo marketing.

Os produtos feitos à mão

Os produtos feitos à mão, por exemplo, exigem um toque pessoal, mas isso não é vender. É como se um diferencial viesse com o produto. Uma venda começa sempre antes da compra real, e se estende muito depois, no pós-venda. Graças ao grande desenvolvimento do marketing, o cliente já tem a capacidade de saber o que quer em mente. O vendedor não precisa gastar o seu tempo vendendo para o cliente. O vendedor é quem faz o processo de compra uma experiência agradável, que é o serviço “premium” pelo qual o cliente paga.

 

sucesso-01



TODOS OS DIREITOS RESERVADOS – POLÍTICA DE PRIVACIDADE

× Nosso Whatsapp: 11 99157-4556